Descubra o seu perfil de liderança.

O líder desempenha um papel muito importante dentro de uma empresa. É claro que todo funcionário tem sua importância, porém, é o gestor que tem a função de moldar a cultura do negócio. Mas, antes de liderar qualquer equipe, é preciso saber qual o seu perfil de liderança. Praticar o autoconhecimento é a melhor forma de descobrir qual é o seu. Entenda as suas diferenças, reconheça suas características, admita suas deficiências e, claro, busque sempre melhorar.

Quer conhecer quais são os tipos mais comuns de liderança e descobrir qual você mais se identifica? Primeiramente, é preciso que você compreenda que não existe um perfil melhor que o outro. Todos têm seus pontos negativos e positivos. Um estilo pode se encaixar melhor que o outro, tudo vai depender do tipo de negócio, da equipe e como é o ritmo de trabalho da empresa. É importante que você saiba administrar seus pontos fortes e fracos. Só assim vai ser possível melhorar seu desempenho.

Tendo isso em mente, vamos agora descobrir os tipos mais comuns para que você possa reconhecer o seu perfil de liderança. Continue a leitura!

Coercitivo

É um dos mais comuns dentro do mercado de trabalho. Sabe aquele tradicional chefe que centraliza todo o poder de decisão? Então, é esse o perfil dele. Ele não é favorável que seus funcionários deem opiniões sobre o negócio.

Eles têm medo que seus colaboradores cresçam e roubem seu lugar. Impõem a imagem de alguém que é mandão. A atitude traz uma distância entre o líder e sua equipe. Isso dificulta o desenvolvimento de confiança, respeito e empatia entre as partes envolvidas. Esse perfil é visto como ultrapassado e, se você se viu nele, é melhor repensar suas ações.

Democrático

Esse tipo de líder trabalha com a colaboração entre sua equipe. A comunicação é uma das suas principais características e transmite aos funcionários um sentimento de confiança. Gosta de incentivar o envolvimento do time nas atividades e propõe a participação deles, inclusive, nas decisões que devem ser tomadas.

Esse perfil pode apresentar um lado negativo: a indecisão. Isso acontece muito quando a equipe não colabora. Então, se você se vê nesse perfil, trabalhe o poder das suas escolhas.

Autoritário

Esse perfil de liderança também pode ser visto como exigente. Ele comanda a equipe com firmeza e quer que tudo seja feito com perfeição. Um dos seus pontos fortes é a capacidade de convencimento. Ele consegue mobilizar o time em busca de um objetivo.

Porém, ele acaba se tornando monopolizador, muito crítico com aqueles que não apresentam os resultados esperados e não admite erros. O seu modo autoritário pode prejudicar o trabalho em equipe e, sem a ajuda do time, a empresa não consegue desenvolver bons resultados. Nesse perfil é preciso trabalhar a colaboração.

Marcador de ritmo

É aquele profissional que está sempre em busca de altos desempenhos. Ele é visto, muitas vezes, como um workaholic. Isso acontece porque quase sempre ele acaba resumindo a sua vida em alcançar os objetivos profissionais.

Esse perfil de liderança nunca deixa seus funcionários sozinhos quando aparece um problema. Mas, por trabalhar em excesso, acaba não respeitando o ritmo saudável de trabalho da equipe. É preciso entender que cada um tem um ritmo. A compreensão disso evita a desmotivação.

Paternal

Esse perfil de liderança busca ter um bom relacionamento com a sua equipe, construindo relações com mais intimidade. Ele preza por um bom ambiente de trabalho, em que todos se sintam confortáveis.

Seu ponto fraco é que não gosta de fornecer feedbacks negativos. Tem muita dificuldade, pois está mais ligado ao lado emocional e não aos resultados. Tem habilidade em resolver conflitos, mas não consegue ser imparcial ao julgar as situações, dificultando um bom desenvolvimento da equipe.

Viu só? Cada perfil de liderança tem um lado positivo e negativo. Eles podem ser trabalhados para que o desempenho seja cada vez melhor dentro da empresa. E, para isso, você pode observar suas atitudes no ambiente de trabalho. Saiba identificar os comportamentos que podem levar a um ou mais perfis.

Se gostou deste conteúdo, leia também o texto: “você delega ou delarga?“.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *